Nossa história...

A primeira vez que nos vimos mal nos falamos, foi em frente a casa de
uma amigona minha, que inclusive será nossa madrinha, a Carol, que naquela época
namorava um amigo dele.

Depois de algum tempo, uma outra colega, que namorava um outro
amigo dele que hoje também é meu amigo, o Digão, que também vai ser nosso
padrinho junto com a Dri, me ligou e disse que ele queria me conhecer e
que seu eu dissesse sim naquela noite ele iria até a casa dela junto com o namorado dela e que aí nos podiamos conversar, como eu concordei, nos encontramos naquela noite.

Depois disso não nos largamos mais e daí para o namoro foram apenas 15 dias.

Mas, há 10 anos atrás, éramos muito jovens (eu muito jovem) e tinhamos outros interesses, então fomos levando o namoro do jeito que dava, sem muito compromisso e atenção. Sinceramente não sei como o namoro resistiu a esse tempo.

Não sei como nem porquê, depois de mais ou menos 1 ano e meio de namoro nos descobrimos realmente apaixonados e a partir daí passamos a fazer planos juntos, que se tornarão realidade em 27/09/2008!

Por todos esses motivos acho que foi Deus que nos juntou!


Contagem regressiva para o grande dia...

Daisypath Wedding Ticker

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

A parte ruim de tudo isso...



Casamento tem muitas coisas boas, mas não é tudo um mar de rosas, tem a parte que considero a pior de tudo isso: a separação da minha mãe.

Somos realmente muito ligadas, estamos juntas em todas as ocasiões, em tudo que vou fazer ela está envolvida ou tem um dedinho dela, pra vocês terem uma idéia, até quando vou viajar, apenas por uns dias, quando dou tchau e deixo ela em casa me dá um aperto no peito, as vezes eu até choro... podem até rir, uma mulher desse tamnho chorando porque vai deixar a mãe mas é a pura verdade. Nossa relação tem algo de muito especial!

Ontem estavamos em casa só eu e ela, do nada ela olhou pra mim com os olhos já marejados falando que eu ia deixá-la logo em breve, aquilo me deu um aperto no peito, me vem as lágrimas só de lembrar e relatar esse momento. No olhar dela senti que ela estava muito triste, mas não uma tristeza de mágoa, mas pelo fim de uma etapa, sei que ela está feliz pela vida nova que há de vir e torce muito por mim.

Mas saibam que as vezes me sinto muito triste também pensando que não vou vê-la todos os dias, não vou sentir sua presença constante, que muitas vezes não dou o valor que ela merece por esse motivo, por ser constante, por estar sempre ali.

Mamãe te amo demais...

originalmente postado em 14/08/2008

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá tudo bem ?

me chamo Andreia e vou me casar um sabado antes que voce , e eu sei bem o que voce esta sentindo com relação a sua mãe ,. Eu tambem estou e ela tambem fala do mesmo jeito que a sua falou , não quero pensar nisso , mas é inevitavel , tambem sera dificil pra mim , alias acho que pra todos é ...
Abraço !
E boa sorte pra nós !!!

Anônimo disse...

I love your site! Thanks for insights! I got the idea of starting a freshwater pearl bracelet line from you. Awesome collection. I am also a freshwater pearl jewelry blogger. Great Job! i wish there will be more about pearl jewelry set. I like all things piked and I would try to come here time and again for more updates. Thank you very much